Senador Aécio Neves não vai para prisão

 

Por 3 votos a 2, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal voltou a afastar Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador, além de determinar que ele fique em casa à noite e entregue seu passaporte.
Votaram a favor do afastamento os ministros Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, em resposta a um pedido do Ministério Público para que Aécio fosse preso. Os ministros Alexandre de Moraes e Marco Aurélio Mello foram contra.
O afastamento está relacionado à delação premiada da JBS, que levou Aécio a ser denunciado sob acusações de obstrução de Justiça e corrupção passiva.
O senador tem negado as acusações e poderá recorrer da decisão.
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Compartilhe este post em
468 ad

1 Comentário

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *