Petroleiros devem fazer paralisação após dia 12 de junho segundo a FUP

A FUP divulgou um calendário que previa a definição da data de início da greve para o próximo dia 12, mas isso pode ser antecipado. “Vamos fazer algumas reavaliações”, disse Rangel, se referindo à reunião deste sábado.

Segundo o líder sindical, o movimento dos caminhoneiros “jogou luz” sobre a política de preços da Petrobrás, assunto que vem sendo tratado pela FUP “há bastante tempo”. “A questão central nos preços dos combustíveis não são os tributos, é a política do Pedro Parente”, disse Rangel, se referindo ao presidente da Petrobras.

Compartilhe este post em
468 ad

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *