China impõe medidas antidumping sobre importação de frango brasileiro

A China vai impor medidas antidumping sobre a importação de frango brasileiro, por considerar que seus produtores sofrem concorrência desleal do país, anunciou nesta sexta-feira (8), o Ministério do Comércio.

A medidas, que entram em vigor a partir de amanhã (9), supõem que os importadores deverão pagar aos depósitos alfandegários chineses entre 18,8% e 38,4%, que é a faixa de “dumping” que as autoridades de Pequim calculam que têm as exportações brasileiras deste produto, informe a EFE.

A investigação antidumping sobre as importações de carne de frango do Brasil foi anunciada em agosto do ano passado pela China, após reclamação da indústria doméstica de que o país estaria vendendo seu produto abaixo do valor de mercado, “danificando substancialmente” o setor chinês, segundo informou comunicado do governo chinês.

As medidas abrangem produtos fornecidos pelos principais exportadores brasileiros JBS e BRF.

O Brasil é o maior exportador de frango do mundo e a origem de mais de 50% das importações de carne de frango do país asiático.

O Brasil substituiu os Estados Unidos como maior fornecedor de frango depois que a China adotou tarifas antidumping sobre os produtos de frango dos EUA em 2010.

A medida anunciada pela China representa mais um forte golpe à indústria brasileira. Em abril, a União Europeia anunciou a proibição de 20 frigoríficos brasileiros de exportar frango para o bloco econômico.

Compartilhe este post em
468 ad

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *