Falta de dinheiro e infra estrutura desencadeou tragédia com o Museu Nacional-RJ

A instituição havia completado 200 anos em junho. Segundo o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, as principais hipóteses para o incêncio são curto-circuito e queda de balão. Falta de água e problemas com hidrantes atrapalharam o Corpo de Bombeiros.

Além disso, o Museu Nacional estava em situação irregular junto aos bombeiros e sofria com falta de recursos. Fora do Brasil, parcerias público-privadas e patrocínio de entidades e empresas são comuns para manter a conservação de museus.

Em nota nesta segunda-feira, o Palácio do Planalto divulgou que quer criar uma rede apoio com entidades financeiras, empresas públicas e privadas para reconstrução do museu “no tempo mais breve possível”.

Fonte: G1

Compartilhe este post em
468 ad

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *